Plano de classificação de documentos: análise das metodologias utilizadas por instituições brasileiras

Tamara de Souza Padilha, Daniela Spudeit

Resumo


Este trabalho verificou quais as instituições brasileiras possuem plano de classificação de documentos de arquivos, a fim de conhecer as metodologias utilizadas por estas instituições e as dificuldades encontradas na construção deste. Caracteriza-se como uma pesquisa descritiva, exploratória e bibliográfica com abordagem qualitativa. Para conhecer as instituições que possuem planos de classificação, verificou-se nos trabalhos publicados em anais do Congresso Brasileiro de Arquivologia e do Congresso Nacional de Arquivologia de 2004 a 2012. Pelos resultados foi possível perceber que o método mais utilizado pelas instituições para a elaboração do plano de classificação é o método funcional e que este é o mais adequado às necessidades dos mais variados tipos de arquivos. Também foi possível perceber a importância que este instrumento de classificação possui nas atividades diárias de um arquivo e que a criação deste possibilita a gestão, o acesso e a localização dos documentos, assim como a recuperação e seguridade das informações.

Palavras-chave


Plano de classificação. Classificação arquivística. Classificação de documentos. Arquivos.

Texto completo:

PDF ♪AUDIO♪




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br