Referenciais teóricos sobre o uso de e-book em bibliotecas públicas

Charles Rodrigues

Resumo


As discussões, as reflexões e o uso efetivo do e-book em bibliotecas públicas brasileiras necessitam de uma análise mais aprofundada e científica que possa contribuir para a construção de um arcabouço teórico sobre o tema, já que inúmeras questões se encontram suspensas. Neste estudo, objetiva-se discutir, portanto, a necessidade de construção de referenciais teóricos que possam apoiar políticas públicas sobre o uso de e-book em bibliotecas públicas brasileiras. Quanto à metodologia, a investigação foi realizada por meio de pesquisa bibliográfica e documental, e a abordagem utilizada foi qualitativa, desenvolvida de forma descritiva. Na fundamentação conceitual, expõem-se os conceitos e as características de e-book; são discutidas as questões que envolvem o acesso e o uso de e-book divididos em eixos temáticos: modelos de negócio, política de aquisição de conteúdo, plataforma tecnológica, gestão dos direitos de propriedade intelectual e preservação digital; são apresentados os princípios da IFLA sobre o uso do e-book em bibliotecas e mostradas as experiências do uso de e-book em outros países. Nas considerações, apresenta-se o desafio mais importante no uso de e-books, os conteúdos eletrônicos, visto que é preciso mantê-los simples, promovê-los e servir ao não cliente.

Palavras-chave


Uso de e-book. E-book - referenciais teóricos. E-book - biblioteca pública.

Texto completo:

PDF ♪AUDIO♪




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br