Medidas de segurança contra sinistros em bibliotecas públicas de Goiânia, GO

Júlio Herberth Sousa Camargo, Suely Henrique Gomes, Geisa Müller de Campos Ribeiro

Resumo


Identificam-se as medidas de segurança contra sinistros adotadas pelas bibliotecas públicas da cidade de Goiânia, Goiás: Biblioteca Estadual Pio Vargas, Biblioteca Municipal Cora Coralina, e Biblioteca Municipal Marietta Telles Machado e verifica a existência de um plano de contingência/ emergência adotado por essas instituições. Trata-se de pesquisa qualitativa descritiva. Os dados foram coletados in locus (observação) e por entrevista estruturada realizada com funcionários das bibliotecas. Os resultados obtidos demonstram que as bibliotecas não estão preparadas para enfrentamento de sinistros e não possuem plano de emergência em suas instituições. Conclui-se, portanto, a necessidade de ajuste nas medidas de segurança a fim de que elas possam cumprir e potencializar o objetivo de proteger as bibliotecas públicas.


Palavras-chave


Medidas de Segurança; Bibliotecas Públicas de Goiânia; Proteção contra Sinistros; Plano de Emergência para Bibliotecas

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br