Classificação de Black para biblioteca especializada em Odontologia: estudo de caso

Ana Lidia Figueiredo Alencar

Resumo


O presente artigo contextualiza o conhecimento da classificação bibliográfica especializada pelos bibliotecários, quando a maioria conhece apenas as classificações tradicionais como a CDD e CDU.  Tem como objetivo apresentar a Classificação de Black para bibliotecas especializadas em Odontologia e assim colaborar com a literatura na Biblioteconomia e Ciência da Informação por meio de uma revisão de literatura e estudo de caso. Apresenta uma descrição da Classificação de Black, histórico, uso e contribuição em bibliotecas especializadas em Odontologia, além da diferença da classificação existente nos cursos de odontologia e a utilizada como sistema de classificação bibliográfica em bibliotecas. Descreve e relata a experiência com a utilização da classificação em uma biblioteca especializada em odontologia de uma faculdade privada. Apresenta resultados netnográficos não satisfatórios feitos com bibliotecários de várias cidades do Brasil através de uma enquete virtual em uma rede social, onde a grande maioria desconhece totalmente a existência dessa classificação bibliográfica e uma minoria conhece e adota a classificação nas obras sobre odontologia.


Palavras-chave


Classificação de Black; Biblioteca Especializada; Sistemas de Classificação; Bibliotecas Odontológicas; Classificação em Odontologia.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br