Educar pela pesquisa na educação básica

Raquel Pinto Correia

Resumo


Este trabalho é o relato de uma experiência na educação básica, cujo objetivo foi descrever a vivência didática de um projeto a partir da perspectiva do educar pela pesquisa. Adotou-se o princípio, de que a pesquisa no contexto da escola pode ser compreendida como o desafio de sistematizar o conhecimento rumo a produção de novos conhecimentos. O cenário desse relato de experiência foram dez unidades escolares, situadas na área central do estado do Paraná (Curitiba, Araucária, Ponta Grossa, Castro, Telêmaco Borba e Guarapuava), de uma rede de ensino privada, com aproximadamente 5800 alunos. Todas as unidades estão ligadas a uma mesma mantenedora. Participaram da pesquisa, a equipe pedagógica, os professores e os alunos dessas dez unidades escolares. Como aporte teórico utilizou-se as reflexões desenvolvidas por Ausebel (2003), Arroyo (2012), Demo (1997), Freire (2011), Martins (1989), (1997) e (2003), Moraes (2009), Santos (1992) e (2005), Retamero (2016), e Vaillant e Marcelo (2012). Os resultados apontaram a pesquisa como alternativa metodológica, que pode enriquecer as práticas pedagógicas na educação básica, apresentando-se como uma alternativa metodológica para a prática docente, o que pode tornar os professores e seus alunos sujeitos ativos no processo da construção do conhecimento.

Palavras-chave


Educar pela pesquisa; Formando pesquisadores; Escola Básica

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br