Agenda 2030: uma proposta de advocacy junto às bibliotecas das universidades públicas de Florianópolis-SC

Sigrid Karin Weiss Dutra, Marli Dias Pinto de Souza, Genilson Geraldo

Resumo


para este estudo, resgata-se uma aproximação com a Biblioteca universitária que sucintamente centra-se na organização e disponibilização do conhecimento numa perspectiva sistêmica. O estudo se caracteriza como exploratório, com abordagem qualitativa, e o caminho metodológico compreendeu o envio de questionário aos gestores de bibliotecas de Bibliotecas Universitárias Federais e uma pesquisa bibliográfica  para verificar o estado da arte sobre o tema em questão. O propósito deste estudo é propor ações alinhadas ao Internacional Advocacy Program (IAP) da IFLA, visando sensibilizar e conscientizar, os bibliotecários a nível regional e local, utilizando o Advocacy, como instrumento na defesa da inserção das bibliotecas universitárias nas metas e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, previsto na Agenda 2030 da ONU, mediante o desenvolvimento de um programa junto às bibliotecas das universidades públicas, sediadas no município de Florianópolis-SC.


Palavras-chave


Bibliotecas Universitárias. Advogacy. Agenda 2030 ONU. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Texto completo:

PDF PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br