Acessibilidade informacional para usuários com transtorno de espectro autista na biblioteca

Marcos Pastana Santos, Cládice Nóbile Diniz, Ediclea Mascarenhas Fernandes

Resumo


Busca apresentar aos profissionais das bibliotecas escolares e comunitárias a importância de se capacitarem para que possam atender às competências informacionais do usuário com Transtorno do Espectro Autista e melhor solucionarem as situações adversas com que possam se deparar no cotidiano. O estudo tem fins explicativos e apoiou-se em pesquisa bibliográfica, com objetivo de levantar atividades que possam ser realizadas com esses usuários. Os dados foram tratados por método qualitativo. Os resultados destacam que há uma boa oferta de serviços informacionais nas bibliotecas onde é comum encontrarem-se crianças e jovens com o transtorno que a frequentam por indicação das escolas da rede regular de ensino. Contam com o bibliotecário para receberem o apoio apropriado ao participarem das atividades propostas pela biblioteca e gestor da biblioteca deve buscar que esse espaço lhes seja adequado, com o ambiente confortável e agradável. Conclui que os bibliotecários, conjuntamente com os professores, podem promover atividades informacionais que aumentem o vocabulário do usuário com Transtorno do Espectro Autista e permita através da leitura e dinâmicas potencializar sua sociabilidade, suas emoções afetivas e a inteligência cognitiva.


Palavras-chave


Pessoa com Transtorno de Espectro Autista; Acessibilidade Informacional; Competência informacional; Biblioteca.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br