Bibliotecas comunitárias: organização sociocultural e instrumento para a democratização do acesso à informação e para a valorização cultural.

Nicole Marinho Horta

Resumo


A Biblioteconomia possui uma variedade de tipologias de bibliotecas, entre elas as bibliotecas comunitárias. Este artigo tem como objetivo expor uma breve reflexão sobre as bibliotecas comunitárias como espaços de ações integradoras de saberes, sociabilidades e mediações informacionais e comunicacionais, além de  traçar os paralelos de realidades distintas entre duas bibliotecas comunitárias e sua importância na inclusão social através do acesso à leitura e à informação para as minorias. Foram analisadas a Biblioteca Comunitária Livro Aberto, no bairro Goiânia em Belo Horizonte, e a Biblioteca Comunitária Borrachalioteca, no bairro Caieira em Sabará, em Minas Gerais. Foi observado a importância de projetos de apoio para sobrevivência das duas bibliotecas comunitárias e para ampliação de suas ações dentro da comunidade, atuando como espaços de inclusão social por meio do acesso à informação e apoio ao desenvolvimento sociocultural de comunidades carentes, atendendo ao objetivo de desenvolvimento sustentável 4 da Agenda 2030 da ONU (Educação de qualidade: assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos).

Palavras-chave


Biblioteca comunitária; sociabilidade; inclusão social; inclusão informacional

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br