Breves considerações sobre a relação paradoxal entre o prescrito e o necessário no âmbito da recuperação da informação a partir da elaboração de referências.

Erika Alves dos Santos, Marcos Luiz Mucheroni

Resumo


Resumo: O irreprimível e crescente aumento no volume de informações científicas (e não científicas) na contemporaneidade configura o cenário que delineou o problema em pauta. Em face do volume de informações geradas diariamente aborda-se a elaboração de referências enquanto mediadoras e facilitadoras da recuperação de informações confiáveis e enquanto faceta da representação descritiva. Evidencia-se a relação de interdependência da referência perante a catalogação, considerando, sobretudo, a relação de dependência da referência perante outros instrumentos, tais como os catálogos das bibliotecas para o acesso aos documentos referenciados. Apresentam-se considerações críticas quanto à existência de diversos estilos bibliográficos replicados em inúmeras versões interpretadas por instituições de diversas naturezas, em controvérsia ao propósito de existência de tais instrumentos, que é justamente a unificação da linguagem descritiva científica. Por último, propõe-se o uso das tecnologias da web semântica e do linked data como contribuição para o estabelecimento de interconexões entre documentos afins bem como para a descrição destes documentos, na forma de referências.


Palavras-chave


Referências, normalização, representação descritiva, dados ligados, Web semântica

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br