Las Bibliotecas de Arte en la Agenda 2030: papel, acción y memoria cultural

Rosa Emma Monfasani

Resumo


Síntese geral das origens da Agenda 2030 e a incorporação de Brasil nesse meio. Como as bibliotecas contribuem ao desenvolvimento dos ODS e os impulsionam. O acesso à informação considerando os diferentes objetivos da Agenda. Visão dos tipos de bibliotecas existentes em Brasil, o papel dos bibliotecários, das associações e dos CFB e CRB. Quantidade de bibliotecários registrados em 2011 pelos CRBs, ativos e inativos, em relação com a população de Brasil. Apresentação da Memória do Mundo da Unesco e propostas de Brasil. Redarte/RJ e as bibliotecas de Arte: objetivos, conteúdo temático, serviços e funções. Bibliotecas participativas e provedoras de informação em relação com sua região. Formação e qualidades do bibliotecário. As ações de Redarte/RJ e o trabalho cooperativo.

Palavras-chave


Agenda 2030; Bibliotecas de Arte; Acciones; Memoria Cultural

Texto completo:

PDF (Español (España))




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br