Informação e Educação: um estudo do relatório “The Information Service Environment: relationships and priorities”, de Paul Zurkowski

Leandro dos Santos Nascimento, Edmir Perrotti

Resumo


O relatório “The information Service Environment Relationships and Priorities”, de Paul G. Zurkowski (1974), tornou-se a base para um movimento de proporções globais, conhecido como Information Literacy. Mobilizando pesquisadores, profissionais, políticas e entidades públicas e privadas, tal movimento disseminou-­se, também, no Brasil, sem ter, todavia, suas bases analisadas e compreendidas, suficientemente. Diante disso, nosso objetivo é levantar e refletir sobre as ideias fundamentais do documento e das óticas informacional e educacional que sustentam a proposta inicial da Information Literacy, sendo utilizado no estudo o método da análise do discurso. Preliminarmente, percebe-se um discurso enraizado nos postulados da Sociedade da Informação e com forte tendência economicista e instrumental. A pesquisa pauta-se pela perspectiva da Infoeducação, abordagem transdisciplinar que oferece elementos ao desenvolvimento de bases teóricas e metodológicas necessárias à superação da razão instrumental que orienta o relatório que deu origem à Information Literacy.


Palavras-chave


Análise do Discurso; Infoeducação; Information Literacy; Paul Zurkowski; Sociedade da Informação.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br