A TERMINOLOGIA EXPRESSA NO DISCURSO DOS ESPECIALISTAS DA ÁREA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO:um estudo de caso

Regina Helena van der Laan, Rochelle Martins Alvorcem

Resumo


Relato de um estudo de caso que verifica a correspondência entre as unidades indexadoras empregadas para a representação da informação nas diferentes bases de dados das bibliotecas de renomadas universidades brasileiras e as unidades lexicais do acervo lingüístico expressa no discurso dos especialistas na área da Ciência da Informação. Utiliza para análise do Sistema de Recuperação da Informação – S.R.I. de cada base de dados estudada um quadro comparativo da recuperação da informação com termos escolhidos no discurso destes especialistas, e calcula os índices de revocação, silêncio, precisão e ruído na recuperação da informação. Realiza duas categorias de análise sobre os termos levantados: a primeira que discorre sobre as formas de busca que o sistema oferece e a segunda que estabelece se o termo é tratado como um sintagma terminológico, se são atribuídos descritores a estes termos e se existem remissivas. Concluí relacionando os problemas encontrados e sugere estratégias para melhorar o funcionamento dos S.R.I e principalmente uma reavaliação na política de indexação empregada nas Unidades de Informação - UI.

Texto completo:

PDF






____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br