Promover a acessibilidade aos deficientes visuais e baixa visão à rede de bibliotecas da UNESP

V.R. Storti, S.M. de Almeida, B.L. Ottoni, V.M.S.R. Fantin

Resumo


A acessibilidade em uma biblioteca universitária deve oferecer serviços de pesquisas bibliográficas, atendimento às consultas internas e externas, realizando os mesmos serviços básicos oferecidos pelo sistema de bibliotecas. A utilização de novas tecnologias tem promovido à acessibilidade, inclusão social, acesso à informação e eliminação de barreiras. Buscando propor soluções para o acesso à informação nas bibliotecas da rede UNESP foi criado um novo serviço para ser implantado nos câmpus que possuem deficientes visuais em sua comunidade interna. O serviço, denominado Serviço de Inclusão e Acessibilidade à Informação (SIAI) conta com tecnologias assistivas para cumprir seu objetivo, que é possibilitar as pessoas com deficiência, tanto da comunidade interna quanto da comunidade externa da universidade, o
atendimento e o acesso às informações para o desenvolvimento de suas atividades de ensino, pesquisa e extensão. O trabalho discorre sobre a implantação do SIAI na biblioteca piloto, localizada na Faculdade de Filosofia e Ciências no câmpus de Marília.

Palavras-chave


Acessibilidade; Tecnologia assistiva; Deficiência visual; Bibliotecas universitárias; Universidade Estadual Paulista; Informação.

Texto completo:

PDF






____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br