Análise de citações dos artigos publicados em periódicos da área da Ciência da Informação que versam sobre gestão da informação.

Marcia Silveira Kroeff, Fernanda Schmidt Gimenez, Rodrigo Vieira, Adilson Luiz Pinto

Resumo


Estudo bibliométrico que analisa as citações dos artigos cujo enfoque temático é a gestão da informação, publicados nas revistas indexadas na Base de dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI), de 2000 a 2011. Especificamente objetiva: a) identificar o periódico brasileiro que mais se dedicou à publicação de artigos versando a gestão da informação; b) identificar o autor que mais publicou artigos, sobre a autoria única ou múltipla; c) elencar as palavras-chave mais utilizadas nos artigos; d) verificar autores mais citados, sobre autoria única ou múltipla; e) estudar o comportamento da literatura citada nas referências em relação ao tipo de fonte ou suporte bibliográfico. Para tanto foi utilizado o método da análise de citação, que investiga as relações entre os documentos citantes e os documentos citados, no todo ou em partes. O corpus foi formado por n=195 artigos. O foco central de análise foi o material bibliográfico citado pelos autores nos artigos. Analisou n=4287 (quatro mil duzentas e oitenta e sete) citações. Para auxiliar na análise dos dados foram utilizados os softwares BibExcel, CiteSpace, Statistica 8.0, Dataview, INFOTRANS e Matrisme. Os resultados apontam que o periódico brasileiro que mais se dedicou à publicação de artigos em gestão da informação foi a revista Ciência da Informação, com 13,8% do universo estudado (n=27 artigo de um total de n=195); o período mais expressivo em termos de publicação foram os anos de 2007 e 2008; os autores que mais publicaram artigos foram Marta Lígia Pomim Valentim n=8; Ricardo Rodrigues Barbosa n=7; Isa Maria Freire e Maria Inês Tomael, ambas com n=6; das 833 palavras-chave registradas a “Gestão da Informação” representa 12,12% do total (n=101); os demais termos mais encontrados foram “Gestão do conhecimento” n=37 (4,44%), “Inteligência competitiva ” n=14 (1,68%), “Ciência da informação ” n=12 (1,44%) e “Informação ” n=11 (1,32%). Em relação à análise das citações, os autores mais citados foram: Davenport, T.H. com n=67 citações; Choo, C.W. com n=54; Barreto, A.A. com n=38; Nonaka, I. com n=37; e Valentim, M.L.P. com n=36. O tipo de fonte ou suporte bibliográfico mais citado foram os livros impressos, com n=1518 registros (35,4%), seguido dos artigos de revistas impressas com n=981 (22,8%). A vida média da literatura estudada foi de sete anos. Considerouse que boa parte da literatura consultada não é recente, pelo contrário, os autores mais consultados para o tema são os clássicos na área de Ciência da Informação; por este motivo, o foco ficou concentrado nos livros, sendo sua vida média é intermediária; e os autores citados nos artigos repetem-se constantemente.

Palavras-chave


Bibliometria. Gestão da informação. Análise de citações.

Texto completo:

PDF ♪AUDIO♪




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br