Neodocumentação e humanidades digitais: o podcast CImplifica no cenário contemporâneo de informação

Alexandra Cecilia Oliveira Feitosa, Májory Karoline Fernandes de Oliveira Miranda

Resumo


O presente artigo discute o fenômeno da democratização da informação ao lado da desinformação no contexto das Humanidades Digitais. Propomos para tal, refletir sobre o fenômeno social da desinformação em ambientes digitais, a democratização da informação, discutir neodocumentação e finalmente apresentar o CImplifica, primeiro podcast brasileiro de Ciência da Informação como relato de experiência. Tem como etapas do processo a caracterização dos princípios, métodos, técnicas e ações voltadas a desinformação; a intencionalidade da informação e os novos formatos digitais dentro da Neodocumentação. Utilizamos a metodologia dos quatro polos, que congrega as etapas Epistemológica, Teórica, Técnica e Morfológica que sustentam, respectivamente, a natureza do problema; as teorias que a fundamenta; a técnica utilizada, bibliográfica e descritiva; e a morfologia dos resultados e sua interpretação. Buscamos uma aproximação do objeto de estudo mediante o emprego da análise de fontes documentais, bem como revisão bibliográfica. Por fim, apresentamos o relato de experiência que representa sistemicamente os conceitos discutidos na pesquisa.


Palavras-chave


Humanidades Digitais; Encontrabilidade; Intencionalidade; Neodocumentação; Podcast

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br