A biblioteca pública como viabilizadora da Agenda 2030 da ONU

Fabiane Simões, Jussara Borges

Resumo


A Agenda 2030 foi desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU), juntamente com 193 países-membros, sociedade civil organizada e instituições-chave para buscar um planeta com sustentabilidade e qualidade de vida para as futuras gerações. É um plano de ação que busca fortalecer a paz universal e erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões. Abrange propostas para melhorar a vida das pessoas e do planeta, em busca da prosperidade e da paz através de 5 pilares dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Em um empenho conjunto, a International Federation of Library Association and Institutions (IFLA) conclama todas as partes interessadas a reconhecer que as bibliotecas, em todas as partes do mundo, podem ser mecanismos confiáveis para a trabalhar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) recomendados pela Agenda 2030. Este artigo tem como objetivo identificar ações realizadas pela Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães (BPMJG) que podem contribuir para atingir os objetivos da Agenda 2030. Foram averiguadas as ações culturais e serviços oferecidos pela Biblioteca no período de 2016 a 2019. Quanto ao método, apresenta-se uma pesquisa aplicada, qualitativa, em que o estudo de caso mostra que a BPMJG está alinhada à Agenda 2030 e atua em 12 dos 17 ODS propostos na Agenda.


Palavras-chave


Agenda 2030; Biblioteca Pública; Ação cultural.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br