A questão dos métodos de análise semiótica: contribuições à Ciência da Informação

Marcia Cristina dos Reis, Carlos Cândido de Almeida, Edberto Ferneda

Resumo


As análises semióticas estão presentes em diversos estudos, com o intuito de compreender o processo de significação e de sentido de um determinado signo, bem como as relações existentes com seus objetos e interpretantes. O presente artigo tem como objetivo apresentar os principais métodos de análise semiótica presentes na literatura, discutindo os principais conceitos, características e diretrizes presentes em cada um deles. Para atingir os objetivos propostos, adotou-se pesquisa de natureza bibliográfica, fundamentada em autores clássicos da área, além de outros que desenvolveram análises semióticas aplicadas. Como principais resultados, foi possível analisar métodos semióticos direcionados a diversas áreas, tais como: interfaces web, design de interfaces e produtos, marketing de internet, interfaces sonoras, múltiplos contextos e, a partir deste levantamento, entender as particularidades de cada processo. Os métodos de análise semiótica discutidos na literatura são subjetivos e não apresentam nenhum tipo de sistematização, o que dificulta a aplicação da semiótica nas diversas áreas de conhecimento, em especial, no campo da Ciência da Informação.


Palavras-chave


Semiótica; Análise Semiótica; Diretrizes; Ciência da Informação

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br