Proposta de catalogação para acervo de indumentárias do Museu da Imigração de São Paulo

Maria Cristina Palhares, Andréa de Benedetto Silva, Fábio Moreira de Oliveira

Resumo


Este artigo aborda a representação descritiva para a organização de uma coleção de indumentárias no Museu da Imigração do Estado de São Paulo. O objetivo visa apresentar uma proposta de catalogação, a partir de uma peça de indumentária, baseando-se em dados fornecidos pela analista de documentação do museu, utilizando os princípios da IFLA e o código RDA (Resource Description and Access), a fim de contribuir com a recuperação da informação de forma mais detalhada e eficaz para o pesquisador. A metodologia utilizada consiste no levantamento bibliográfico acerca da história da catalogação, que ampara alguns conceitos e definições sobre indumentária; e um estudo de campo in loco, para a verificação do acervo composto por, aproximadamente, 700 peças de indumentárias, entre acessórios e roupas. O aporte teórico que sustenta a pesquisa inclui autores do campo da Ciência da Informação, História e História da Moda, como Mey, Silveira, Barbosa, Braga e Cotrim.


Palavras-chave


Representação Descritiva. RDA. Museu da Imigração. Indumentária.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br