Gestão Estratégica da Informação no ambiente do Governo Digital

Amynthas Jacques Gallo

Resumo


No âmbito da implantação do chamado governo digital, observado em todas as esferas da Administração Pública, a definição do planejamento estratégico da gestão da informação no setor público tornou-se fundamental. O fluxo informacional tende a crescer em velocidade maior que a capacidade atual de análise, principalmente devido a uma maior captura de dados do mundo fenomênico. Neste sentido, torna-se primordial a definição de políticas públicas que permeie toda a administração de forma a racionalizar os recursos atuais disponíveis, redefinir as necessidades e prioridades de informação, planejar uma arquitetura computacional adequada e flexível às demandas das diversas esferas da administração pública, integrar bases de dados, centralizando-os quando possível e descentralizando as a geração e análise de informações. E sempre, procurando a melhor relação custo e benefício existente ao cidadão. Para tanto, discutimos no presente artigo aspectos para o desenvolvimento e implantação de uma ação programática à administração pública, destacando a necessidade de reconhecer prioridades de ação para a gestão estratégica da informação.

Texto completo:

PDF






____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br