Políticas públicas de preservação do patrimônio cultural no Brasil e o papel social do bibliotecário

Admeire da Silva Santos Sundström

Resumo


A política pública no Brasil apresenta estudos recentes e constitui um campo interdisciplinar no momento de construir suas análises. Neste texto, as políticas analisadas são voltadas para preservação do patrimônio cultural, assim, questiona-se: qual o papel do bibliotecário diante das mudanças ocorridas na implementação nacional da preservação do patrimônio cultural? O cerne desta comunicação consiste em situar o papel desse profissional diante da abrangência das singularidades culturais presente, atualmente, nas políticas e explicar as consequências delas, no modo de constituição da memória coletiva. O método utilizado é o de revisão sistemática de literatura e será feita a análise do conteúdo dessas políticas em diálogo com a função do bibliotecário e como este poderia atuar no papel de agente nas políticas públicas, para fomentar a autonomia social. Discute também a presença da memória coletiva, os agentes antes responsáveis pelo estabelecimento do patrimônio, o caráter autoritário no tombamento e a pressão internacional para a inserção das pluralidades culturais nos patrimônios histórico-artístico-cultural do Brasil. O resultado apresenta os possíveis diálogos e ações, para que o profissional da informação possa dialogar, diante das singularidades, e mediar à informação necessária para a consolidação da participação popular na constituição do patrimônio e da memória coletiva. 


Palavras-chave


Políticas públicas. Patrimônio Cultural. Bibliotecário. Profissional da Informação. Memória coletiva.

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________ 

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo.  ISSN: 1980-6949
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições. Contato: rbbd@febab.org.br